Suruba com minha própria esposa

Click to this video!
Autor

Sou Maurício Cristiano, marido da Michelle, conforme já detalhei em contos anteriores. Sou corno manso mesmo. Minha esposa conquistou um novo amante, que não liga em gastar e até vem dando presentes caríssimos para a Michelle. Eu amo a Michelle, ela pode transar com meio mundo, que eu não me separo dela. O Paulo, seu novo amante, ontem à noite nos convidou para dar um rolê e fomos até Campinas SP. Fomos num barzinho no Cambuí onde tomamos alguns drinkes e depois fomos para um motel. No motel nos acomodamos numa suite, ocasião em que o Paulo, colocou a hidromassagem para funcionar, enquanto fomos nos despindo. Ficamos os três nus, que vergonha passei, meu pênis de 14 cm e o do Paulo, 21 cm e grosso, a bucetinha da Michelle toda lisinha uma belezinha. Fomos de um em um tomar banho de chuveiro. Meu pênis além de pequeno, acho que por inferioridade não quis endurecer, seu tamanho mole gira em torno de 3 cm, enquanto que o do Paulo, estava um ferro de duro. Após tomar banho fomos os três para a hidro, muito bem perfumada e repleta de espuma, onde os dois se agarraram aos beijos, amassos e esfregações e meu pênis molinho, vez ou outra eles rolavam por cima de mim. Passados uma hora mais ou menos, nós saímos da hidro, eu me sentei numa cadeira e os dois foram para cama redonda e toda espelhada. O Paulo começou a chupar a Michelle, todinha, e depois foi direto com a língua na grutinha dela, onde ela gemia, e não parava de dizer a palavra ( aí que delícia ), e se contorcia e se massageava com as próprias mãos e por três vezes, ouvi e vi ela gozar na boca dele. Em seguida ele pediu para eu pelo interfone solicitar que trouxessem um tubo de KY, eles usaram e ele foi penetrando-a devagarinho, momento em que, ela gemia de dor e prazer, eu nem acreditei quando o pênis dele sumiu todinho dentro da vagina dela. Daí meu pequeno pinto ficou durinho, ao continuar ouvindo ela resmungar me chamando de corno de pênis miudinho e outras coisas mais. Ele fez ela gozar três vezes e ele gozou duas. Entraram na hidro novamente e ficaram nela por uns 20 minutos.
Quando saíram ele pediu para que eu deitasse de costas na cama e pediu para que a Michelle, deitasse com a bucetinha na minha boca e chupasse aquele imenso mastro dele. Foi uma delícia porque ela gozou duas vezes, me enchendo a boca de esperma e o Paulo, gozou na boca dela também. Tanto eu como a Michelle, engolimos aquele líquido com sabor de mel e eu aproveitei a ocasião e também acabei gozando duas vezes numa punheta gostosa. Por fim repetimos a dose no oral, só que nesta vez, o Paulo, passou KY no cuzinho dela e enfiou um dedo, depois dois, aí quando ele tentou por o terceiro, ela gritou que estava doendo, assim, ele ficou bulinando o cuzinho dela, chupando os peitinhos dela e eu chupando a buceta dela.
Foi uma noite memorável, muito gostosa mesmo. Adoro ver minha mulher sendo comida por outro, se for mais pintudo gosto mais ainda.
Mauricio Cristiano